sábado, 29 de dezembro de 2007

MAIS UM DIA DIFERENTE

E hoje voltei a viver... Superei um tipo estranho de cansaço, caminhei numa rua estreita e cheia de pessoas, subi uma imensa ladeira, senti sede e calor. Poderia fazer aquilo que tenho feito tão bem: chegar em casa, tomar banho frio, mudar de canal e depois dormir. Digitar histórias para os amigos ao som de qualquer música. Seria mais um dia com aquela trilha sonora pré-selecionada... Mas, naquilo que era mais um dia cheio de histórias, seguia um itinerário diferente, com um pouco de mar, finalzinho de sol e depois cinema. Era o filme que esperava há 3 meses e 7 dias. Enfim! Cores, olhares, músicas, expressões. Cortes, ângulos, diálogos. Eu piscava só para que meus olhos vissem melhor e me pousava confortável, deixava a pipoca passear macia pela boca, respirando aos poucos, absorvendo cada detalhe. Apertava as mãos na tentativa de acalmar os sentidos, tirava o esmalte rosado das unhas, nas janelas do ônibus, clima de ano novo. Senti que minhas faces estavam rubras, era efêmero, mas eu sabia. E cheguei em casa ainda com o coração se perdendo entre as costelas. Eram as pequenas ondas de felicidade...

3 comentários:

Estêvão dos Anjos disse...

Acho que to ligado que dia foi esse :p

Espero que a companhia do cinama também tenha sido boa e que esses momentos de felicidade se repitam.

bj

kassianobre disse...

Fiquei muito curiosa..q filme foi esse???

Feliz Ano novo, Paulinha!! =)

bju

Helder disse...

O cinema foi realmente bom. Há tempos espero alguém me contar um filme tão legal como esse. Foi metalínguistico, adorei seu filme =)

=**